Home > > Aquário de Ubatuba traz novidades no circuito de visitação para a nova temporada

Aquário de Ubatuba traz novidades no circuito de visitação para a nova temporada

Publicado em 15 de janeiro de 2015

Em agosto de 2014, o Aquário de Ubatuba iniciou uma reforma que, entre outras atrações e melhorias, inclui uma nova galeria de água doce. Com o intuito de reposicionar o circuito de visitação para melhor representar a transição e conexão dos rios com o mar, enfatizando a importância da preservação da água e otimizando a didática no processo de Educação Ambiental.

IMG_8778
(Foto: divulgação)

Após quatro meses onde antes havia pequenos recintos com ambientes e peixes diversos, agora há um grande tanque que reproduz dois ambientes principais: o igapó (ou mata alagada), representando os ambientes de água doce, e o manguezal, área extremamente rica em nutrientes, pois ali se misturam os ambientes de água doce e salgada, onde diversas espécies se desenvolvem na primeira fase da vida e por isso e denominado “berçário das espécies”.

Com a revitalização do setor de água doce houve um aumento de volume em relação aos tanques anteriores o que permitiu espécies maiores e inéditas no Aquário de Ubatuba como o Pirarucu, Raias de água doce, aruanãs, tucunarés, novas espécies de Piranhas, Bagres-bandeira, Chama-marés, Robalos, Caranguejos da bromélia, Caranguejos-uça, Bagres-do-mar e muito mais! Além disso, onde antes era o Manguezal será um novo recinto: das algas.

Pioneiro, mais uma vez o Aquário de Ubatuba traz novidades sustentáveis ao circuito de visitação. A cenografia e o paisagismo são compostos por materiais de baixo impacto ambiental e com reaproveitamento de materiais recicláveis; a abundante iluminação natural e lâmpadas de Led possibilitam economia de energia; o novo Sistema de Suporte à Vida permite a recirculação da água e o aquecimento é feito por meio de associação de placas solares e trocadores de calor.

Vá conferir as novidades e compreender a importância da preservação destes ambientes, pois segundo recente relatório da WWF Brasil, o Sudeste do país está passando pela pior seca dos últimos 80 anos. O relatório aponta o desmatamento na Amazônia como uma possível causa para a crise da água.

http://valenews.com.br/geral/19903-aquario-de-ubatuba-traz-novidades-no-circuito-de-visitacao-para-a-nova-temporada.html

 

 

Videos