Home > > Instituto Argonauta participa de operação da Petrobras de simulação de acidente com derramamento de óleo no mar

Instituto Argonauta participa de operação da Petrobras de simulação de acidente com derramamento de óleo no mar

Publicado em 21 de março de 2013

Reunião do diretor e técnicos do Instituto Argonauta com técnicos da Petrobras e da FURG realizada no Instituto Argonauta

Reunião do diretor e técnicos do Instituto Argonauta com técnicos da Petrobras e da FURG realizada no Instituto Argonauta

Em 21 de março, técnicos do Instituto Argonauta para a Conservação Costeira e Marinha participaram de uma operação de simulação, na Praia da Fazenda, no litoral norte de São Paulo, com responsabilidade da Petrobras, a partir de um pedido do Ibama – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis, de fiscalizar a adequação da empresa petrolífera em caso de algum acidente com derramamento de óleo no mar e que, posteriormente, atingiria os ambientes costeiros.

A iniciativa do Ibama de fiscalizar o poder de ação da Petrobras em caso de situação de emergência, com o objetivo de proteger a fauna e a costa marinha, provocou, inclusive, a necessidade de realização de Treinamentos de Agentes Voluntários de Defesa Ambiental, nas cidades de Ubatuba e São Sebastião, para preparar cidadãos em casos de situações como essa, e que também foram convidados para contribuir com o trabalho de limpeza da praia.

A ação de coordenar o salvamento dos animais marinhos atingidos pelo petróleo foi coordenada por técnicos da Universidade Federal do Rio Grande e teve apoio dos veterinários do Instituto Argonauta, que realiza esse trabalho de reabilitação de animais marinhos em Ubatuba desde 1998, com o apoio do Aquário de Ubatuba e convênio com a Petrobras desde outubro de 2011.

Há cerca de 100 metros da praia, foi colocada uma barraca para primeiro atendimento da fauna contaminada e, mais distante, fora da suposta área de risco de contaminação, foi preparado um container de aproximadamente 7 metros com equipamentos e medicamentos necessários para a descontaminação dos animais que necessitassem de cuidados. Não foi necessária a simulação com animais, mas todos os profissionais estiveram à disposição e realizaram o monitoramento e contenção das possíveis situações de risco e emergência.

Sobre o Instituto Argonauta

O Instituto Argonauta para a Conservação Costeira e Marinha é uma organização não governamental sem fins lucrativos, fundada em julho de 1998 pela Diretoria do Aquário de Ubatuba. Foi criado para incentivar a obtenção de recursos para projetos de pesquisa voltados à preservação do oceano. Tem como objetivo, o desenvolvimento e o apoio à cultura e educação com ações de conservação ambiental, defesa, elevação e manutenção da qualidade de vida do ser humano e do meio ambiente. Sediado em Ubatuba, atua em parceria com o Aquário de Ubatuba e mantém convênio com a Petrobras.

Videos