Home > > Reforma do Pinguinário do Aquário de Ubatuba promove enriquecimento ambiental da área

Reforma do Pinguinário do Aquário de Ubatuba promove enriquecimento ambiental da área

Publicado em 10 de dezembro de 2012

pinguinc3a1rio-aquc3a1rio-de-ubatubaEm 10 de dezembro, segunda-feira, foi inaugurada a nova estrutura do Pinguinário do Aquário de Ubatuba para enriquecimento ambiental da área que abriga, atualmente, 9 Pinguins-de-Magalhães.

O local ganhou novo visual cenográfico com a inserção de uma bela paisagem que remete ao oceano, pedras artificiais e um miniescorregador que será utilizado no momento da alimentação dos especimens, feita duas vezes por dia, às 11h30 e às 17h, com a participação do público.

“Tudo foi pensado e projetado para tornar o cotidiano destes fascinantes animais mais próximo do habitat natural, além de facilitar a interação dos visitantes na hora da alimentação”, explica o oceanógrafo e Diretor Executivo do Aquário de Ubatuba, Hugo Gallo.

A presença destes pinguins na costa brasileira, que migram da região da Patagônia, Argentina, é mais comum no período entre julho e novembro. Logo que são encontrados, recebem tratamento adequado para a reabilitação, feito por profissionais do Instituto Argonauta, patrocinado pelo Aquário de Ubatuba. Neste ano, 47 animais foram recuperados e serão soltos em breve.

Para quem encontrar um pinguim pela praia, Hugo aconselha a “mantê-lo aquecido em caixa de papelão envolto em uma toalha ou jornal e esperar o resgate especializado chegar”. Ao contrário do que muitos imaginam, a espécie Pinguim-de-Magalhães não é polar e não está adaptada à temperaturas mais baixas, portanto, “é extremamente importante o acondicionamento correto do animal, devendo-se banir a hipótese de colocá-lo em gelo”, afirma Hugo.

Sobre o Aquário de Ubatuba

O Aquário de Ubatuba foi fundado em fevereiro de 1996 pelo oceanógrafo Hugo Gallo, e é uma das melhores opções de lazer educativo para a conservação ambiental no litoral. Dentre as atrações, possui um dos maiores tanques de água salgada do país, com Tubarões e Raias, Pinguinário, onde o visitante pode participar da alimentação dos Pinguins, Tanque de Contato, onde é possível tocar em animais marinhos inofensivos, o único Tanque de Águas Vivas no Brasil, Terrário com Jacarés, Tartarugas e Iguanas, além de Museu da Vida Marinha e Auditório para apresentação de Palestras e Vídeos Exclusivos, que adicionam ainda mais conhecimento aos visitantes.

Videos